Afinal quem sou eu…

Afinal quem sou eu…

Bem falar sobre si mesmo é sempre algo complicado, então vou fazer um resumo: Me chamo Arles Sant’ Ana e trabalho com Tecnologia da Informação (TI) desde meados da década de 90, na verdade naquela época nem era TI, era microinformática mesmo. No começo montei algumas máquinas (as máquinas cinzas ou sem marca, que muitas vezes vinham desmontadas na mala de fora do país ou atravessavam a “Ponte da Amizade”) e ministrei aulas de MS-DOS, Windows 3.1 (isso mesmo 3.1), Word, Excel e Powerpoint, cheguei a visitar a Fenasoft (quem se lembra???) em 1996, tive o primeiro contato com o mundo Open Source ainda em 1997 (sim, naquela época demorei uma semana para fazer minha placa de video, uma Trident TGUI9440 com 1 Mb de memória funcionar no modo gráfico do RedHat Linux 3.0.3), vi a guerra dos browsers (Internet Explorer vs Netscape Navigator) e cheguei a usar o ICQ e o IRC para bater papo, esperava o relógio marcar meia noite  para poder se conectar a Internet usando um modem de 33.600 bps e pagar só o primeiro pulso da ligação. Trabalhar com TI de verdade só à partir de 1998 (e nem chamava TI, era CPD ou o “pessoal da informática”), atualmente sou diretor técnico de uma startup de alta eficiência em serviços de TI, denominada Axislera, enfim se quiser saber mais sobre minha carreira profissional, visita meu perfil no LinkedIN.

Além de ser um veterano da área de TI, sou pai de um garoto fantástico e desde 2006 divido minha vida com uma esposa maravilhosa. Quando sobra um tempo, curto ler quadrinhos, ouvir música, assistir filmes, viajar e cozinhar.

O objetivo deste blog é compartilhar ideias e conhecimento sobre diversos assuntos ligados a Tecnologia da Informação. Um ponto muito importante sobre as páginas que compõem este blog, parafraseando (com adaptações) Juscelino Kubitschek: Costumo voltar atrás, sim e com frequência. Não tenho compromisso com o erro.

Então, se encontrar alguma informação incorreta, entre em contato comigo enviando um e-mail para contato@arles-santana.com.br. Para acompanhar as atualizações deste blog, basta me seguir no Twitter @arlessantana.