Ficar com o ambiente desatualizado ou atualizar para uma versão “não compatível”?

Ficar com o ambiente desatualizado ou atualizar para uma versão “não compatível”?

Atualizar ou não atualizar, eis a questão. Esses dias atrás um cliente me ligou, tinha atualizado o Vmware vSphere em alguns servidores para a versão 6.7 e estava enfrentando alguns problemas que não ocorriam na versão 6.5. Bem, antes que eu pudesse ter a oportunidade de analisar os problemas ele optou por retornar para a versão 6.5 e ele acreditava que a causa provável seria o seu servidor não estar disponível na “Hardware Compatibility List”  ou simplesmente HCL (que pode ser consultada aqui para produtos Vmware).

Outro cenário envolve um cliente com hardware legado que até hoje está utilizando o vSphere na versão 5.0, pois segundo ele as versões mais novas não estão na HCL e “para não correr o risco de ficar sem o suporte da Vmware” ele não atualiza. Bem, aqui é um caso complicado, pois apesar dele possuir um contrato ativo de suporte e subscrição com a Vmware ele não terá suporte da mesma maneira (entenda que a equipe de suporte da Vmware irá prover o auxílio na solução de problemas, porém de forma muito limitada), pois como sabemos as versões da família 5.x do vSphere já não são mais suportadas desde setembro de 2018 (como pode ser lido aqui).

Então temos a questão que dá título a esta postagem: Atualizar para uma versão suportada em um hardware “não compatível” ou “não certificado” ou permanecer com o ambiente desatualizado?

Antes de pensarmos na resposta, vamos esclarecer alguns fatos (especificamente para o vSphere) sobre a HCL.

  • É normal que no lançamento de uma nova versão ou update a lista seja pequena e limitada em um primeiro momento, usualmente a lista cresce de forma significativa algumas semanas depois;
  • Se o seu equipamento não consta na HCL não significa necessariamente que ele não irá funcionar ou irá apresentar problemas. Significa apenas que o fabricante ainda não homologou a versão ou update;
  • Quem certifica o hardware é o fabricante e não a Vmware;
  • Cada fabricante possui uma política diferente de homologação, então pode ocorrer que um equipamento do fabricante X esteja na HCL e outro equipamento com exatamente a mesma configuração do fabricante Y não esteja na HCL;
  • Alguns fabricantes possuem matrizes de compatibilidade que podem ser diferentes da HCL, então é recomendável verificá-las;
  • Dependendo do fabricante, você pode solicitar a homologação do seu equipamento.

Com estas informações, vamos tentar uma resposta adequada: Se o seu equipamento não está na HCL, mas você está com uma versão estável e suportada, sugiro avaliar se você terá algum ganho ou alguma nova funcionalidade que justifique a atualização. Agora se você possui uma versão que já não é mais suportada (como a versão 5.5 do vSphere por exemplo) de qualquer modo o seu ambiente não está mais recebendo atualizações (inclusive as de segurança e correções de bugs), então existe um risco de manter o ambiente desatualizado que deve ser considerado. Logo a resposta correta, dependerá do seu cenário particular, a minha recomendação é utilizar sempre quando possível uma versão suportada e com hardware presente na HCL, no caso de equipamentos legados onde não é possível combinar estes dois fatores a minha recomendação é utilizar uma versão do suportada do vSphere.

Consultor veterano na área de Tecnologia da Informação, com passagem em grandes empresas, graduado em Ciência da Computação com especialização em microeletrônica e gestão de projetos, detentor de diversas certificações de mercado (Microsoft, Cisco, Brocade, Vmware, etc.).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *